Tio Pepe



.

Perdi a conta de quantas vezes olhei para o céu na esperança de ver tio Pepe passeando pelas nuvens. Foi assim que o vi pela última vez.

Tio Pepe era professor de música. Tio Pepe era um cara bacana.

E meio maluco também. Vestia umas roupas diferentes e coloridas que ele mesmo inventava. Umas mais doidas do que as outras.

 

Nunca se separava do seu guarda-chuvão amarelo e andava numa bicicleta cheia de penduricalhos, que, no lugar da buzina, tinha um saco de risadas.

 

Ele entrava na sala de aula tocando o sovaco. O som do sovaco parecia barulhos de pum.

“Bom dia, Pepe, lelê, lelé.

– Pra onde o bonde ia? – ele perguntava.

– Ia pra Bahia. – eu respondia.”

E cada um dizia o queria.

 

[...]

 

 

 

.

[Compre ou encomende seu livro aqui.]

 

 

 

 

 

 

 

Tania Ricci nasceu e cresceu em São Paulo. É ilustradora de livros didáticos e de literatura infantil, entre eles O Brasil é feito por nós, de Ricardo Soares, publicado pela Editora Atual. Este é o primeiro livro que escreve e ilustra. Site: http://taniaricci.com.br/ E-mail: taniaricci@uol.com.br




Comente o texto


*

Comente tambm via Facebook