Sobre inconsistências…


Edson,adorei a reflexão sobre o ato da escrita. E a imagem da bolha de sabão complementou muito bem o texto, a frágil estrutura da realidade… Acredito que tentamos mesmo ordenar o caos através da literatura, mas no meio do percurso são tantas as tentações que só conseguimos chegar a essa espécie de consistência aerada, porosa, irregular. Você tem razão, instauramos um outro caos…