O que estou lendo?


Como quase sempre, estou lendo vários livros ao mesmo tempo, mas destaco um, já “antigo” (a 1ª edição, da Relógio d’Água, é de 1999), que só agora me caiu nas mãos: Diferença e Negação na Poesia de Fernando Pessoa, de José Gil. Alta especulação filosófica, centrada nas afinidades entre o poeta “fingidor” e o pensamento de Gilles Deleuze. O autor começa por afirmar que em Alberto Caeiro se localiza a “ontologia” pessoana e nos demais heterônimos, incluído o ortônimo, a “metafísica”; daí a diferença e a negação anunciadas no título. Leitura árdua, mas sempre estimulante, às vezes o filósofo insiste no óbvio, outras vezes encanta pelo brilho das associações ousadas. É mais uma prova da inesgotável riqueza da poesia de Fernando Pessoa.

Carlos Felipe Moisés