NICOLAU SAIÃO se manifesta…


Tenho assistido, com expectativa e emoção, ao que me vai chegando pelos mídias (Rede, jornais, rádio e TV)sobre esta arrancada genuinamente justa do povão brasileiro.
Expectativa porque percebo que as pessoas (e digo pessoas deliberadamente)que os mandantes – numa via de abuso e de cinismo típicos – julgavam e desejavam inertes e resignadas, eis que se levantam e lutam pacífica e dignamente pelos seus direitos legítimos.
Claro que as coisas levam tempo a clarificarem-se. Nem sei se o povão terá ensejo de “varrer a testada”, como nós dizemos no Alentejo, mas é uma pura beleza ver os cartazes com reivindicações sensatas, adequadas, mesmo limpamente poéticas na sua singeleza cidadã.
Assim como é uma beleza verificar que o povo não quer junto a ele nem díscolos nem partidões, que em geral visam canalizar para os seus propósitos, se não mesmo destruir, o justificado querer popular: não à corrupção e aos políticos ora ladrões ora mafiosos, educação adequada, bons cuidados de saúde, recusa da demagogia e da mentira arteira, etc.
Como português de lei, mas também como amigo sincero do povo brasileiro e do próprio Brasil enquanto Nação (natural, geográfica, material)espero e faço votos para que a vossa voz seja efectivamente ouvida e espero do fundo do meu querer que a melhoria de Vida, vida plena, seja por vós conseguida.
Viva Portugal e o Brasil em limpeza e beleza!

nicolau saião