Flap, flep, flip, flop, flup!


Enquanto a Flip não começa, alguns escritores continuam fazendo flop e outros esperam o flup do mercado. E a plateia ainda se diverte, faz flap-flap, entre outras flatulências.