• Entrevista de Jack Kerouac

    Por da Redação
    Em 21/02/2012

     

    .

    O sucesso e o prestígio conquistados após a publicação de “On the Road”, em 1957, deixou Jack atormentado. Apesar de eventuais críticas positivas que realçavam o caráter inovador da obra, muitos o tacharam de subliterato e imoral. A primeira resenha escrita por Gilbert Millstein no jornal The New York Times foi satisfatória. Ele recorda no documentário “O Rei dos Beats” qual foi sua sensação ao ler o livro: “Eu li o livro e fiquei simplesmente estupefato. Eu disse ali que acreditava naquilo como a expressão perfeita de uma geração, assim como Hemingway em ‘The Sun Also Rises’ também foi uma expressão da sua geração naquela época”.

    O efeito imediato da fama causou apreensão e relutância em Jack. Joyce Johnson, a jovem namorada com quem o escritor morava na época, relembra a reação dele diante da celebração instantânea: “Ele estava agitado e com medo. Ele também sentia que teria de viver para sua imagem pública, pois todos esperariam que ele fosse como Dean Moriarty ou Neal Cassady, mas ele era só Jack Kerouac. Era bastante tímido, preferia ficar num canto olhando, refletindo.”

    Logo após a publicação, Jack trabalhou intensamente em outros projetos. “The Dharma Bums”, lançado em 1958, foi a tentativa do escritor de estabelecer afinidades com o budismo. É o relato de uma escalada com o amigo poeta Gary Snyder em busca de realizações espirituais.

     

    [Trecho retirado de http://pt.wikipedia.org/wiki/Jack_Kerouac]

Comente o texto


*

Comente tambm via Facebook
  • Diálogos Críticos

    Casa e Hansen_min

    Extraordinário diálogo com o professor
    aposentado de Literatura da USP, João Adolfo Hansen. Na Casa das Rosas.

  • Obrigado, Senhor!

    SP, 08/05/2014, Caso Fabiane / Suite

    O artista sonoro e visual Márcio-André
    mostra-nos vídeo dedicado a mulher torturada e assassinada publicamente. Confira.

  • Diálogo ao Vivo

    paulo1

    Confira como foi o diálogo O QUE É A
    POESIA – de março/2013 – com o poeta e tradutor Paulo Henriques Britto.

  • Borges e a criação literária

    jorge-luis-borges

    O escritor Jorge Luis Borges fala sobre
    criação literária. Entrevista que concedeu a Joaquín Soler Serrano.

Musa na Mesa