Em busca da palavra que É


Acho que a literatura vive no salto. Quanto mais se tenta fazer literatura mais se distância dela. Vizinha do desespero e, ao mesmo tempo de eros e tánatos, ela irrompe como uma um desmoronamento, levando do morro a terra,os rizomas, o lixo e as fezes.