Duílio Gomes – humilde e Injustiçado


Há cem dias morria Duílio Gomes, um dos maiores contistas não só de Minas Gerais, mas de todo o Brasil. Não sou eu quem diz isto, apenas ecoo. Quem considera a contística de Duílio Gomes uma das mais importantes do Brasil são críticos do quilate de Hélio Pólvora, Fausto Cunha e Astrid Cabral, para não me estender sobre outros que ainda não li. Sua morte foi pouco comentada, tal quais seus livros o eram e continuam a ser. Certo dia eu o escrevi através do Facebook lamentando que a sua humildade estivesse a comprometer a sua obra. Ele respondeu no mesmo FB: “Eu não sou humilde, Ray, sou acanhado”. Duílio!