CAUTOS CAUSOS


Acabo de receber o novo livro do Glauco Mattoso: CAUTOS CAUSOS – Contos Lyricos, editado pela Lumme Editor.

Sonetos de um mestre. Olha esse numerado por [4191]

É o poeta que exaggera
ou está, de facto, vendo
uma grande, enorme fera,
um terrível bicho, horrendo?

Gente, eu juro! Horrivel era!
Nunca eu compro, nunca eu vendo
um por outro! Quem me dera
fosse gatto o que estou crendo!

Proporção, quando é tamanha
no contorno duma aranha
ultrapassa o proprio gatto!

Zeus me livre! Não delira,
todavia, a minha lyra
e o que conto é o facto exacto!