ÀS MUSAS


Raras são as musas de um poeta, mas uma delas é sempre a matéria prima que nele há e sobre a qual a poesia construirá sua memória: A LIBERDADE!