Ana Lúcia Vasconcelos


Que orgulho de.ser sua amiga, Ana Lúcia! E uma ponta de auto-orgulho também, confesso, pelo feeling tido, desde o inicio dos nossos contatos virtuais, de que você era uma grande, uma enorme Pessoa: parabéns pelo texto, em forma e conteúdo, sobre um assunto que conheci “do lado de cá”, como mera espectadora, testemunha ocular do teatro e da historia. Beijo